sexta-feira, 11 de julho de 2008

Acabo de ver...

O Capacete Dourado.

Todo ele rodado na cidade que me viu nascer e na escola que me viu crescer, sem dúvida nostálgico e intenso para quem viveu naqueles lugares bons e maus momentos... a amálgama dentro de mim...


Confesso que tem partes um pouco paradas e se conseguiriam roubar 20 minutos de filme nessas... pausas. É um filme bem idealizado e realizado, a banda sonora é abrangente... faltando apenas um pouco mais de Metal.

21 comentários:

Mas afinal o que estou eu aqui a fazer?... disse...

"Vou viver, até quando eu não sei; não me importa o que serei..." LOL

Isto faz lembrar uma palhacita qualquer a falar! :p

l.laranjo disse...

A vontade que eu tenho de ver esse filme!!!

Afonso Sade disse...

mas afinal... só te faz lembrar uma? Hum... acho que podes juntar mais um ao grupo.

;)

Afonso Sade disse...

Mano, vale bem a pena... Foi surreal ver, num cinema, o meu Liceu, a minha escolinha... só tenho pena que não tenham filmado o banco de cimento com as obras de arte como pano de fundo... mas tb não disse que o filme era perfeito.

Aluga, vale mesmo a pena.

Grande Abraço

Mas afinal o que estou eu aqui a fazer?... disse...

:D

Já sei qual vai ser a nossa acção cívica!!! Vamos montar um circo! :p

Afonso Sade disse...

Só se for de aberrações, conheço algumas, não vai ser difícil, ;P

Mas afinal o que estou eu aqui a fazer?... disse...

Então?... Pensa lá! Palhaços já somos pelo menos dois; aberrações, o difícil vai ser seleccionar entre tantas; animais então, nem se fala... Olha! Eu alinhava! :D

Afonso Sade disse...

lol, bem... razões não faltam, e problemas de colaborações também não... temos de começar é a pensar em nomes sugestivos... Já existe o Soleil... por isso o Cirque Dan La Lune é uma possibilidade!

;p

Mas afinal o que estou eu aqui a fazer?... disse...

Olha, se calhar até que se adapta! Pelo menos para os primeiros tempos, porque enquanto a coisa não começar a render não pode ser debaixo-da-tenda-gigante...

Temos nome! ;)

Afonso Sade disse...

Vamos para debaixo de uma ponte, sempre é mais abrigado, mas só se ameaçar chuva. ;)

E assim que tivermos "casa cheia", numa noite de Lua cheia... arranjamos uma tenda com uma clarabóia para que a alma se mantenha sempre presente.

;)

Mas afinal o que estou eu aqui a fazer?... disse...

:)

Viste? É só ideias a chover do céu!

Afonso Sade disse...

Pode ser que na estreia ocorra uma "chuva de estrelas", lolol

;)

Mas afinal o que estou eu aqui a fazer?... disse...

De palhaços, figuras bizarras, leões, malabaristas.... :)

Sabes que mais?... Acho que só nós conseguíamos interpretar mais do que uma personagem... :p

Mas afinal o que estou eu aqui a fazer?... disse...

De palhaços, figuras bizarras, leões, malabaristas.... :)

Sabes que mais?... Acho que só nós conseguíamos interpretar mais do que uma personagem... :p

Afonso Sade disse...

Eu tenho a certeza que só nós fazíamos a festa toda! ;p

;)

Mas afinal o que estou eu aqui a fazer?... disse...

:D

É, parece-me sinceramente que sim! Máscaras já temos! ;) Nome também... O lugar está decididíssimo... Só falta mesmo começar a preparar os números! :)

Afonso Sade disse...

;)

Temos de decidir que actividades circenses vamos abranger...

;)

Mas afinal o que estou eu aqui a fazer?... disse...

Primeiro número: o encontro proibido - lutamos quase até à morte mas ao percebermos que temos uma plateia a ver decidimos dar um espectáculo digno, deixando para o fim a decisão da luta... Boa?...

Afonso Sade disse...

Não está má a ideia, mas não achas que a luta já está mais do que ganha, para o meu lado! ;p

Mas afinal o que estou eu aqui a fazer?... disse...

Nunca ouviste dizer que "quem te avisa teu amigo é"?... Lê com atenção as minhas linhas, Afonsinho! Cuidado, tem muuuito cuidado! :D

Jade disse...

Então!...Vale apena ver?!?
:)