sexta-feira, 7 de setembro de 2007

As Mudanças.

Foto in Olhares:


Esgota-se-me a paciência sem que tenha essa noção…
E eu só me apercebo mais tarde…oh não!
Já é tarde demais para o perdão.

Percorro sítios partilhados na demanda pelo teu perfil,
Busco-te nas pequenas paisagens onde fui vil…
Mas não te encontro… como sou ignóbil.

Era na solidão que nos partilhávamos,
Por direcções errantes navegávamos…
Sem nunca naufragar, vogávamos…


Mas hoje andamos feitos náufragos entre escombros…
Tresmalhados por não sentir o peso nos ombros.
É tempo de coabitar com estes assombros…

Vivamos de agora em diante esta dor,
Vagueemos por este mundo sem cor,
Apenas com a recordação do calor…


Para a memória deixemos todas as feridas,
Dessas palavras doces… nunca proferidas
Pois jamais as vivências serão repetidas!

Afonso Sade

4 comentários: