quinta-feira, 29 de junho de 2006

Quem sou eu? O que faço aqui?


Dúvidas existenciais, quem é que nunca as teve?
Pois é! Eu também as tenho. Já à muito tempo que não sei quem sou... parece que flutuo por cada situação que atravesso sem que me mantenha numa forma constante! A cada minuto que passa altero as minhas ideias, os meus objectivos! Sinto-me como que possuído por várias personagens que me povoam a alma! Pergunto-me se isso é possível, mas quando me analiso vejo que é real! Por vezes fico assustado, pois o simples facto de me alterar faz com que as pessoas não me conheçam verdadeiramente e muitas vezes coloquem em causa a pessoa/pessoas que sou!

Sinto-me sempre diferente! A cada estado de espírito a cada desafio! Enfrento sempre as coisas de maneira diferente, sou incapaz de me uniformizar, de manter ou criar uma forma constante! Comparando-me com os outros, o que é sempre difícil, vejo-me fora de uma monotonia de comportamento, apesar de me sentir monótono nesta maneira de ver as coisas!

Quando olho para trás, para estes 24 anos que passaram parece que vivi várias vidas! Não vejo as mudanças e fases como evoluções nos comportamentos, mas como metamorfoses na pessoa que era! Hoje vejo-me povoado por esses fantasmas que eu outrora fui! Esta sensação de estar a pensar e a agir como antigamente deixa-me a pensar... haverá uma necessidade de regressão? Mas voltar atrás nem sempre é regredir! Será que a próxima metamorfose assenta no facto de ter de voltar a ser o que fui? Ter de me completar com as mudanças nas quais estive envolvido? Irei eu passar a ser um todo e deixar de ser a soma das partes?

A cada dia que passa surgem respostas, mas a cada resposta assente surge uma nova dúvida...

2 comentários:

Jójó disse...

Escusavas de ter posto esta foto! Ainda ficamos a pensar que és o Diabo!

Afonso Sade disse...

Não te preocupes, não é o Diabo! Eu nem acredito nele!
É um desenho de Brom! Talvez aquele com que mais me identifico, sei lá porquê...